Existe vida inteligente em Marte? Ainda não temos a resposta definitiva, mas o fato é que as missões espaciais já conseguiram encontrar objetos estranhos em Marte. Enquanto nossa mente imagina alienígenas de diferentes tipos, vamos nos contentar com a lista dos 5 objetos mais inusitados encontrados na superfície do planeta vermelho. Por enquanto!

Não só as pessoas comuns, como também os cientistas sustentaram por um longo período a teoria que Marte apresentava registros geológicos de uma sociedade. Tal ideia acendeu a chama da curiosidade daqueles que torciam por vida inteligente habitando o planeta vizinho. Mas o tempo provou que eram estruturas naturais.

publicidade

Leia mais:

As primeiras imagens de Marte chegaram à Terra em 14 de junho de 1965. As fotos foram registradas pelo satélite americano Mariner 4, após um voo de aproximação com sucesso ao planeta vermelho. 

O legado dessa missão continuou com as inúmeras sondas e satélites que já enviaram milhares de fotos de Marte. No entanto, em 1965, as fotos decepcionaram aqueles que esperam imagens dignas de livros e filmes sobre ETs. Eram imagens muito parecidas com as da lua e nada de objetos estranhos encontrados em Marte. Com o passar do tempo, a qualidade das imagens evoluiu muito e hoje temos até fotos em alta definição da superfície do planeta. Veja a seleção de 5 objetos estranhos capturados na superfície de Marte.

1- O rosto de Marte

Foto semelhante a um rosto humano captada em Marte. Imagem: NASA

O Viking 1 Orbiter da NASA passou perto de Marte em 1976 e tirou uma foto histórica da superfície. A imagem se tornou um ícone do imaginário humano. O que deixou todo mundo intrigado foi ver a formação de um rosto no centro superior da imagem. Várias imagens foram feitas novamente ao longo dos anos e elas indicavam que se tratava de uma montanha natural.

A NASA divulgou a imagem do “Rosto de Marte”, que como o próprio nome sugere, se assemelha a um rosto de um ser humano.

A “face” fica na região da Cydonia e tem alguns quilômetros de largura por poucos metros de altura. A similaridade com um rosto humano era causada pela posição do sol no momento em que a imagem foi capturada pela sonda Viking 1, que procurava locais para pouso. As sombras nas rochas davam a impressão de se ver um rosto com olhos, nariz e boca.

Outros registros feitos nos anos 90 e em 2001 também não mostravam a suposta face, o que enfraqueceria as teorias de conspiração sobre objetos estranhos de Marte. Mas ainda há quem diga que o clima do planeta vermelho teria apagado as feições humanas e por isso as sondas mais recentes não conseguiram registrá-las.

A partir de 2006, muitas outras imagens foram captadas e verificadas com o avanço da tecnologia. A estrutura não apresentava mais as mesmas características quando a NASA fotografou a região, conhecida como Cydonia Mensae, a partir de outros ângulos, o que reforçou a tese de que se tratava apenas de uma montanha mesmo.

Portanto, atualmente é geralmente aceito que tudo não passa de ilusão de ótica, uma percepção chamada pareidolia, que também acontece na geologia da Terra. Após análises de dados de alta resolução da sonda espacial Mars Global Surveyor, a NASA declarou que a análise das imagens indica uma típica montanha marciana, que aparenta uma face humana dependendo do ângulo de visão e da iluminação. Assim como a imagem de um urso, registrada pelo satélite Mars Reconnaissance Orbiter em 2022.

2- “Macarrão” marciano

Imagem registrada pelo rover Perseverance, da NASA, em Marte, mostra o que parece ser um punhado de espaguete. Na verdade, trata-se, muito provavelmente, de lixo espacial gerado na chegada do próprio robô ao planeta. Imagem: NASA/JPL-Caltech

O rover Perseverance fotografou um objeto fibroso e enrolado, que estava entre rochas marcianas. A foto foi tirada em 12 de julho de 2022, durante missão em andamento do rover para estudar Marte. 

O objeto foi fotografado usando a câmera de prevenção de perigos dianteira esquerda da sonda, instalada a bordo. Entre os objetos estranhos já encontrados em marte, esse foi um dos que causou mais curiosidade. A imagem indica um objeto de cor clara, semelhante a um espaguete.

Funcionários da agência espacial confirmaram que acreditam que o objeto é uma corda que sobrou do desembarque do Perseverance. A corda pode ser do rover ou de um componente semelhante a um jet pack movido a foguete usado para baixar o rover com segurança para a superfície do planeta.

3- Alô, alô, marciano

Destaque mostra imagem que lembra um ser humanoide na superfície de Marte. Imagem: NASA/Spirit

Em 2007, o rover Spirit, da missão Mars Exploration, fotografou uma vista panorâmica da região Home Plate, na cratera Gusev. Na parte inferior esquerda da imagem, é possível visualizar um ser com características de um humano. Bingo! Seria um marciano?

Para desapontamento de muitos, é claro que não. Novamente se trata apenas de uma formação rochosa que faz a nossa imaginação se confundir com as características de um ser humanoide (a pareidolia de novo). Apenas mais um dos objetos estranhos flagrados em Marte.

4- Entre sem bater

Imagem: NASA/JPL-Caltech/MSSS

Eis a imagem de uma porta em Marte. Em 7 de março de 2022, o rover Curiosity fotografou o monte East Cliffs, região conhecida como Monte Sharp. Entre as estruturas naturais, destaca-se uma semelhante a uma porta. Nota-se que é um objeto pequeno, com cerca de 30 cm de altura e 40 cm de largura, mas que cresce na imaginação.

Dessa forma, inúmeras teorias empolgantes sobre a suposta porta surgiram. Mas a NASA prontamente garantiu que não se trata de uma porta real. Sabe o que é? Mais um caso de pareidolia.

5- Marcas de ferramenta em rocha

Rocha marciana contém furos de uma formação geológica natural. Imagem: NASA

Marcas de broca em uma rocha. Seria um alienígena trabalhador da construção civil? Sei que já está ficando previsível, mas a realidade é que não era. No dia 31 de março de 2021, a NASA publicou a imagem de uma pequena rocha marciana que foi objeto de estudo do rover Perseverance.

Na foto, é possível ver os buracos feitos pelo laser do robô, que é usado para analisar a pedra de uma rocha que supostamente tem marcas de uma broca. A equipe científica responsável por estudar formulou muitas hipóteses sobre o achado, mas todas têm por base as consequências geológicas naturais. Nada surpreendente, apenas mais um objeto estranho.