Neste sábado (2), o Brasil comemora o Dia Nacional da Astronomia, data oficializada há seis anos, a partir da Lei Federal nº 13.556 de 2017. Muito antes disso, no entanto, esse dia já era celebrado informalmente, principalmente entre os astrônomos amadores, em referência ao aniversário de Dom Pedro II, considerado o patrono da Astronomia no nosso país.

Embora pouca gente saiba, além de exercer suas funções como governante do Brasil Império, ele era astrônomo amador nas horas vagas, mantendo seu próprio observatório no terraço do Paço de São Cristóvão, residência oficial do imperador. 

Nas instalações, frequentemente, o mandatário recebia estudantes para sessões de observação do céu, momentos que ele aproveitava para divulgar a ciência, ensinando noções básicas da Astronomia e orientando sobre o manuseio dos instrumentos.

Além disso, D. Pedro II sempre comparecia aos principais eventos científicos e se correspondia com alguns dos maiores astrônomos da época, como os franceses Urbain Le Verrier, descobridor de Netuno, e Nicolas Camille Flammarion, de quem era amigo pessoal. Ambos foram uns dos principais popularizadores da Astronomia pelo mundo.

publicidade
O historiador e astrônomo Carlos Ayres é o convidado desta sexta-feira (1º) do Programa Olhar Espacial. Crédito: Arquivo pessoal

Leia mais:

Para falar um pouco mais sobre a história dessa ciência, seus principais marcos, os passos mais avançados, entre outros tópicos, o Programa Olhar Espacial desta sexta-feira (1º) recebe o historiador e astrônomo Carlos Ayres, astrofotógrafo e criador de conteúdo para a página Exoplanetas Terrestres.

Profissionalmente atuando como analista de suporte, Ayres tem Bacharelado e Licenciatura em História pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e Especialização em Relações Internacionais. É o atual Presidente do Clube de Astronomia do Rio de Janeiro (CARJ), onde também atua com produção de conteúdo para as mídias digitais e palestras em eventos astronômicos.

Como assistir ao Programa Olhar Espacial

Apresentado por Marcelo Zurita, presidente da Associação Paraibana de Astronomia – APA; membro da SAB – Sociedade Astronômica Brasileira; diretor técnico da Rede Brasileira de Observação de Meteoros – BRAMON e coordenador nacional do Asteroid Day Brasil, o programa é transmitido ao vivo, todas às sextas-feiras, às 21h (horário de Brasília), pelos canais oficiais do veículo no YouTubeFacebookInstagramTwitter (X)LinkedIn e TikTok, além do canal por assinatura Markket (611-Vivo, 56 -Sky e 692-ClaroTV).