Ciência e Espaço

Elon Musk conta o porquê da explosão da nave SN10

10/03/21 12h37, atualizada em 10/03/21 12h44
SN10 saindo do solo no Texas

YouTube/Captura de Tela/Olhar Digital

Elon Musk, CEO da SpaceX, veio a público por meio de sua conta no Twitter para dar algumas explicações sobre a explosão da nave SN10, parte da missão Starlink, minutos após seu pouso em um voo de teste. 

Segundo o bilionário, o acidente aconteceu por conta de um problema no motor, que estava com baixo empuxo. A causa provável seria uma ingestão parcial de hélio do tanque coletor de combustível. Além disso, o impacto esmagou as pernas do foguete e parte de sua saia. 

Agora, a SpaceX trabalha em várias correções para que o problema seja corrigido e não afete o sucessor do SN10, o SN11. 

Leia também 

Nasa abre registro para enviar seu nome a Marte 

Uma resposta para a velocidade de expansão do universo 

Aquecimento Global: estudo mostra que viver em regiões como o Brasil pode se tornar insuportável 

Problema complicado

Também no Twitter, Chris Bergin, da Nasa Spaceflight, classificou o problema como “complicado”, já que a ingestão de hélio foi causada pelo sistema de pressurização adicionado ao tanque CH4 para evitar uma explosão igual a da SN8

Na época, Elon Musk julgou a mudança como um “ponto justo” e aprovou a mudança, que lhe pareceu muito boa à época. As naves da SpaceX, são veículos de lançamento de carga pesada que estão em desenvolvimento para transportar passageiros humanos até a órbita da Terra e além. 

Mesmo com a explosão, os planos da maior companhia espacial privada do mundo não serão desacelerados.

Recentemente, a SpaceX implementou um protótipo da SN11 em suas instalações em Boca Chica, na Flórida. O que marcou o início dos testes para seu quarto lançamento em teste em altitudes elevadas. 

Fonte: Engadget 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags