O empresário Marco Stefanini, CEO e fundador da multinacional Stefanini, vai lançar um fundo de investimentos com capital de R$ 300 milhões. O produto financeiro ainda não tem um nome definido e deve começar a operar apenas em agosto.

O fundo de venture capital (ou capital de risco) vai iniciar os trabalhos com investimentos em startups, empresas de tecnologia e atuará separadamente da Stefanini.

publicidade

O empresário afirma que foi procurado por vários family offices, grupos que fazem gestão de rendimentos e de patrimônios para famílias ricas. Eles serão as principais fontes financeiras do fundo de investimento, além do patrimônio do próprio Marco Stefanini.

“Tem um monte de gente montando fundos. Virou uma febre”, diz ele. E prossegue. “Há uma sede por empresas digitais. Mas nós temos muito conhecimento e já comprovamos essa tese”, comenta o empresário.

Ilustração de investimentos em startups
A divisão Stefanini Ventures vem nos últimos 5 anos investindo forte na criação e compra de startups e empresas de tecnologia. Olivier Le Moal/Shutterstock

Ele ainda afirma que mensalmente recebe uma média de 30 a 40 representantes de empresas com propostas para fundos de investimentos.

A captação do novo fundo deve começar em julho

A captação dos recursos deve começar no mês de julho e prosseguir até ser atingida a meta esperada. A partir daí, o empreendimento de Stefanini vai se concentrar em comprar participações que variam entre 10% e 40% de empresas que já tenham uma solução rodando.

Portanto, o empresário estará com o radar ligado para buscas de “companhias que já tenham uma base de clientes e precisam alavancar”, completa.

A Stefanini IT Solutions é uma das maiores multinacionais de tecnologia da informação no mundo. A companhia já tem presença em 41 países, 27 mil funcionários e faturamento previsto de R$ 4,8 bilhões para 2021.

Veja também!

Nos últimos 5 anos, uma divisão da empresa, denominada Stefanini Ventures, com know-how específico para os negócios, começou a comprar e criar startups e empresas de tecnologia com mais velocidade.

Das 12 companhias alavancadas pela Stefanini Ventures, duas ganham destaque: a Gauge, de análise inteligente de dados aplicada ao marketing, e a TecCloud, de armazenamento de informação em nuvem.

Via: Baguete