[ATENÇÃO: SPOILERS A SEGUIR!] Quando se trata de fandoms, geralmente é muito difícil encontrar algo com que todos concordem universalmente. Isso, é claro, a menos que você converse com os fãs de ‘Dexter’. Verdade seja dita: é difícil encontrar alguém que realmente goste de como a série do Showtime terminou em 2013, com o assassino protagonista tornando-se um lenhador recluso na floresta. Mesmo os envolvidos com a produção do show parecem concordar que o final é um fracasso, incluindo o ator Michael C. Hall, que afirmou na Comic-Con 2021 que a história “merecia mais”.

Contudo, o serial kiler terá um revival em um nova temporada, batizada de ‘New Blood’, e o presidente de entretenimento da Showtime Networks, Gary Levine, deixou bem claro durante o painel da produção no evento que eles esperam consertar um final que muitos consideram tenebroso. “‘Dexter’ é uma joia na coroa do canal e não fizemos justiça no fim, eu acho”, disse. “Sempre quisemos ver se havia uma maneira de fazer isso direito e demorou muito para descobrir o que era”.

publicidade
Cena do Teaser do revival de Dexter
Cena do teaser do revival de ‘Dexter’. Créditos da Imagem: Reprodução/YouTube da Showtime,

“Acho que a maneira como a série terminou tem muito a ver com o principal fator que nos levou a revisitar a trama e o personagem”, explicou Hall durante o painel de ‘Dexter: New Blood’. “Acho que muito do que era mistificador ou insatisfatório para as pessoas na época é muito do leva ao apetite do que é esperado que satisfaça agora, sabe? O show não terminou de uma forma que fosse definitiva para as pessoas ou deu a qualquer um o sentido de encerramento. Não tivemos notícias de Dexter, ele não disse nada para nós quando a produção terminou e eu acho que deixou ao público uma sensação de animação suspensa”.

Para Phillips, um revival é algo que a dupla queria que acontecesse desde o fim do show original. “Ao longo dos anos, Michael [C. Hall] e eu conversamos”, comentou ele. “Ocasionalmente, ele era entrevistado em algum lugar e alguém perguntava sobre a volta de ‘Dexter’ e ele não negava. Então, eu via e ligava para ele, e conversávamos sobre algumas coisas. Porém, o momento nunca era adequado para Michael e isso tinha que ser certo para a psique dele, o personagem dele, além de Michael como ator e como homem”.

Agora que as filmagens da série terminaram e o primeiro episódio chegará em 7 de novembro no Showtime, ambos estão prontos para que o mundo veja novamente ‘Dexter’ para obter um final merecido. “Há uma sensação de que é um assunto inacabado”, declarou Hall. Questionados se a nona temporada é o encerramento da série como um todo, o protagonista e Phillips não confirmam a hiótese, porém Levine parece vê-la como o fim. “Para mim, é uma revisitação e acho um final adequado para uma produção brilhante”, concluiu ele.

Conforme previamente anunciado , o revival da cultuada série se passará 10 anos após o “desaparecimento” do personagem titular no Furacão Laura – como parte do final original da produção, cujo episódio foi ao ar em 2013 -, e mostrará o assassino vivendo sob uma nova identidade (assista ao trailer acima).

“Sempre houve a esperança de que surgisse uma história que valesse a pena ser contada [para reviver a série] e acho que já se passou tempo suficiente para torná-la intrigante novamente. Sendo sincero, as pessoas não gostaram muito da forma como [o programa original] terminou. Então, estou animado para voltar. Nunca tive essa experiência de interpretar um personagem tantos anos depois”, disse C. Hall em entrevista ao The Daily Beast.

Leia mais:

A nona temporada, que foi anunciada inicialmente em formato de minissérie, terá 10 episódios e contará com a volta de Clyde Phillips, showrunner original de ‘Dexter’, que abandonou a produção ao final da quarta temporada. Hall (que dá vida ao serial killer protagonista), John Lithgow e Jennifer Carpenter são os únicos membros do elenco original confirmados para retornarem ao seriado, por ora.

Os novos episódios, previstos para 7 de novembro, deverão estrear no Brasil pela Paramount+ como parte do acordo entre a plataforma e a Showtime, emissora que detém os direitos de exibição de ‘Dexter’.

Até lá, você pode matar a saudade do serial killer pelo Amazon Prime Video ou no Globoplay, que possui todas as oito primeiras temporadas em seu acervo.

Fonte: Gamespot

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!