A chegada do beta do MacOS Monterey revelou algumas pistas sobre a resolução da nova geração do Apple MacBook Pro de 14 e 16 polegadas. O sistema operacional contém referências a resolução de 3456 x 2234 Retina e 3024 x 1964 Retina, ambas não são suportadas pelos modelos atualmente disponíveis no mercado.

De cordo com o portal MacRumors, as duas novas resoluções podem chegar aos MacBook Pro de 14 e 16 polegadas, com lançamento previsto para o último trimestre de 2021.  Além das novas resoluções de tela, há rumores de que ambos os laptops apresentam um carregador magnético MagSafe e o retorno de portas úteis como um slot para cartão SD e HDMI. Os modelos também devem abandonar a OLED Touch Bar.

publicidade

Em comparação, os modelos atuais do MacBook Pro contam com resolução de 3072 x 1920 na versão de 16 polegadas e 2560 x 1600 na versão de 13 polegadas. Caso as novas resoluções sejam confirmadas, ambos os MacBooks terão aumento considerável na densidade de pixels.

Leia mais:

Adeus, Intel

Além das novas resoluções, a grande expectativa envolvendo a nova geração do MacBook Pro está na migração completa da linha para os processadores M1X, da Apple. Os componentes baseados em arquitetura ARM já fazem parte de outras linhas de laptops e computadores da empresa e marcam o encerramento da parceria da fabricante com a Intel.

Com a nova arquitetura, a Apple promete aumentar ainda mais a integração do sistema MacOs com o iOS dos iPhone, tornando a experiência dos usuários única, independentemente do dispositivo que está usando.

Além disso, com a mudança para o M1X, a versão de 14 polegadas deve ficar mais cara. Ela substituirá o MacBook Pro de 13 polegadas que é vendido por US$ 1.299 (R$ 6.940) e deve chegar ao mercado por US$ 1.799 (R$ 9.610).

A atual versão do MacBook Pro de 13 polegadas é comercializada com processador Intel i7 de 2,3 GHz Iris Plus; 32 GB de RAM e SSD de 4 TB, enquanto o modelo de 16 polegadas utiliza processador Intel i9 de 2,4 GHz, GPU Radeon PRO 5600M, 64 GB de RAM e SSD de 8TB.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!