O Nubank, que abriu recentemente centenas de vagas em TI, anunciou nesta quarta-feira (13) que obteve lucro pela primeira vez em sua trajetória. Foram R$ 76 milhões obtidos pelo banco digital no primeiro trimestre de 2021.

A fintech também encerrou o mês de junho com 41 milhões de clientes cadastrados na sua plataforma. Também foram movimentados R$ 92 bilhões em operações com cartões do Nubank, o que representa uma expansão na casa de 105%.

publicidade

Considerada uma das empresas mais influentes do mundo e a maior fintech da América Latina, o resultado positivo é uma boa notícia frente ao prejuízo de R$ 95 milhões visto nos primeiros meses do ano passado.

Fachada do prédio do banco digital Nubank
Nubank anuncia que obteve lucro pela primeira vez em sua história. Imagem: Jo Galvao/Shutterstock

Em receita, a fintech somou a quantia de R$ 4 bilhões, o que responde a um salto de 91% frente ao primeiro semestre do ano passado — os dados divulgados incluem apenas as operações efetuadas no Brasil, embora a companhia tenha escritórios na Argentina, Colômbia e México.

Leia mais:

Apesar de registrar lucro inédito, o Nubank não distribuirá dividendos aos acionistas. Um deles é Warren Buffett, que efetuou um aporte financeiro de US$ 500 milhões em junho na companhia.

O diretor financeiro da empresa, Guilherme Lago, indica no blog oficial da fintech que o ganho registrado no primeiro semestre de 2021 será “reinvestido em novos produtos e serviços inovadores”.

Por fim, vale ressaltar que o Nubank tinha valor de mercado calculado em US$ 30 bilhões. Agora, com o resultado positivo, este montante pode chegar a US$ 70 bilhões, segundo analistas de mercado.

Ainda em 2021, a empresa também pretende abrir capital (IPO) na Nasdaq, o segundo maior mercado de ações em capitalização do mundo depois da Bolsa de Nova York.

Créditos da imagem principal: Alison Nunes Calazans/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!