O Twitter está trabalhando em novos recursos de segurança e em sua mais recente atualização sobre sua política de privacidade passou a proibir que imagens e vídeos sejam postados sem a autorização das pessoas mostradas. O objetivo é combater com mais rigor assédio e ataques virtuais.

A rede social já proíbe que sejam revelados dados pessoais de terceiros como endereço, localização,  números de documentos e etc. Mas agora, isso está sendo expandido também para os rostos. 

publicidade

“A partir de hoje, não permitiremos o compartilhamento de mídia privada, como imagens ou vídeos de pessoas físicas sem seu consentimento. Publicar informações privadas de outras pessoas também é proibido pela política, assim como ameaçar ou incentivar outras pessoas a fazê-lo”, disse a empresa.

Nova política de privacidade do Twitter

No fim das contas, você não será obrigado a ter a autorização de todas as pessoas mostradas em uma foto ou vídeo antes de postar na plataforma. No entanto, caso alguém se sinta lesado ou queira a remoção, a mídia será apagada pela nova política de privacidade do Twitter.

“Quando somos notificados por indivíduos retratados, ou por um representante autorizado, que eles não consentiram em ter sua imagem privada ou vídeo compartilhado, nós os removeremos”, explicou a empresa.

A plataforma ainda destaca que as regras não se aplicam a imagens de interesse público. “Esta política não se aplica à mídia apresentando figuras públicas ou indivíduos quando a mídia e o texto do tweet que o acompanha são compartilhados no interesse público ou agregam valor ao discurso público”, completa.

Mesmo em caso de interesse público, o Twitter ainda diz que pode remover de acordo com a política de privacidade caso a imagem ou vídeo tenha nudez ou assédio. As novas regras da rede social já estão em vigor.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!