O chefe do Instagram, Adam Mosseri, compareceu ao Senado dos Estados Unidos nesta quarta-feira (8) para responder se a rede social é prejudicial à saúde mental de crianças e adolescentes. Essa é a primeira vez que o Instagram será abordado separadamente do Facebook no Senado do país.

A audiência, intitulada Protegendo Crianças Online: Instagram e Reformas para Jovens Usuários, começou às 16h30, no horário de Brasília, e não tem hora para terminar. O evento está sendo transmitido ao vivo pelo site oficial do subcomitê de Comércio do Senado.

publicidade

O estopim para as investigações

Desde as denúncias de Frances Haugen, o Instagram tem sido foco de crescente preocupação de pais e legisladores. Segundo a ex-funcionária do Facebook (agora controlado pela Meta), a empresa tinha noção de que o Instagram é tóxico para seus usuários adolescentes e jovens adultos.

Além disso, as denúncias de Haugen, que foram feitas ao jornal The Wall Street Journal em setembro deste ano, apontam que os jovens poderiam ser direcionados para conteúdos que encorajam a automutilação. Como resposta, os legisladores esperam endurecer leis de privacidade infantil.

Convite partiu de senador democrata

Convite para o depoimento de Mosseri no Senado partiu do democrata Richard Blumenthal. Crédito: Senator Richard Blumenthal/Divulgação

Segundo o senador democrata Richard Blumenthal, do estado de Connecticut, escreveu uma carta direcionada ao CEO da Meta, Mark Zuckerberg, em que defende que os pais têm o direito de saber a verdade sobre a segurança do Instagram.

Leia mais:

O senador exigiu que a empresa explicasse como o Instagram pretende proteger as crianças. Em seguida, o congressista fez um convite a Mosseri para comparecer ao Senado.”Os vinte milhões de adolescentes que usam seu aplicativo têm o direito de saber a verdade sobre a segurança do Instagram”, disse Blumenthal.

“Os pais em toda a América estão profundamente perturbados com os relatórios contínuos de que o Facebook sabe que o Instagram pode causar danos destrutivos e duradouros a muitos adolescentes e crianças”, finalizou Blumenthal em sua carta.

Via: The Verge

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!