O bilionário Elon Musk, considerado a pessoa mais rica do planeta, decidiu vender mais 934 mil ações da Tesla, captando com o negócio US$ 963,2 milhões (R$ 5,37 bilhões na cotação atual). A informação, divulgada nesta quinta-feira (9), veio de documentos enviados pelo CEO da montadora de carros elétricos ao órgão norte-americano SEC (Securities and Exchange Comission), uma agência federal que regula o mercado financeiro.

Considerando outras vendas recentes de papéis da empresa, Musk já se desfez de uma quantia de quase US$ 12 bilhões em ações, praticamente R$ 67 bilhões em conversão direta.

publicidade
Elon Musk decide vender mais US$ 1 bilhão em ações da Tesla; total já chega a quase US$ 12 bi
Musk já se desfez de uma quantia considerável em papéis da Tesla; ações da montadora abriram o pregão de hoje em queda. Imagem: Eviart/Shutterstock

O movimento começou após o executivo publicar uma enquete em seu perfil no Twitter, que questionava os seus seguidores ele deveria ou não negociar parte das ações da Tesla para diminuir sua parcela de participação na companhia — fato que fez as ações da empresa despencarem na época.

A nova venda acabou impactando novamente na cotação dos papéis da Tesla na Nasdaq. No início do pregão de hoje, 10 de dezembro, as ações acumulavam baixa de cerca de 1,2%.

Veja também

Musk também vendeu mansão por US$ 30 milhões

Além da negociação de papéis da Tesla, Elon Musk também anunciou que vendeu a sua última residência por US$ 30 milhões (cerca de R$ 167,6 milhões). Agora, o executivo de personalidade excêntrica disse que vai se mudar para uma casa pré-fabricada instalada na sede da SpaceX, que fica na cidade de Boca Chica, no estado do Texas, EUA.

Conheça a trajetória do polêmico bilionário neste especial feito pelo Olhar Digital.

Créditos da imagem principal: vasilis asvestas/Shutterstock

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!