O filme “Batgirl”, que rumores apontam para uma estreia em dezembro de 2022 na HBO Max, conta com o retorno de um personagem conhecido pelos fãs do universo estendido da DC Comics nos cinemas: o ator J.K. Simmons voltará a viver o Comissário Gordon, papel esse que ele interpretou em “Liga da Justiça”.

Em entrevista ao site A.frame, Simmons disse que se viu surpreso com o retorno de seu personagem, considerando que ele acabou substituído por Jeffrey Wright no recente “The Batman”, com Robert Pattinson no papel do Homem-Morcego. “Isso realmente me pegou de surpresa, o fato de que eles queriam que eu vivesse esse cara de novo”, disse o ator.

publicidade

Leia também

J.K. Simmons viveu o Comissário Gordon no filme "Liga da Justiça", mas acabou substituído em "The Batman". Ator americano se disse surpreso quando confirmaram sua recontratação para "Batgirl"
J.K. Simmons viveu o Comissário Gordon no filme “Liga da Justiça“, mas acabou substituído em “The Batman“. Ator americano se disse surpreso quando confirmaram sua recontratação para “Batgirl” (Imagem: DC Comics/Warner Bros./Divulgação)

A situação é relativamente conturbada: Ben Affleck viveu o Batman que interagia com o Comissário Gordon de Simmons. Affleck teria até mesmo um filme solo – o qual Simmons já estava confirmado a participar – mas após ele deixar o projeto, a situação do ator nascido em Michigan se viu em uma espécie de limbo. Quando Matt Reeves tomou conta do filme solo do Homem-Morcego e reformulou o roteiro, o diretor preferiu mudar o papel para outro ator.

Em julho de 2021, no entanto, Simmons foi recontratado para viver novamente o personagem, agora no filme solo da Batgirl. A heroína tem em seu alter ego a filha do comissário, Barbara Gordon, então é provável que o papel de Simmons também ganhe mais profundidade.

“O pequeno papel do Comissário Gordon em ‘Liga da Justiça’ foi mais corporativo, mais voltado ao ‘Vamos ver se conseguimos evitar o fim do mundo’”, disse Simmons. “O que me atraiu mais neste segundo filme é o ponto de voz de Jim Gordon, é mais uma história sobre ele como um homem e como um pai, e não apenas sobre um cara que liga o Bat-sinal e tenta manter os cidadãos de Gotham seguros – apesar de que isso obviamente também será parte da história. É uma chance de nos aprofundarmos mais em um aspecto diferente do personagem”.

Explorar o personagem de Jim Gordon não é algo exatamente novo no universo do Batman: nos quadrinhos, a icônica história “A Piada Mortal” vê o Coringa tentando quebrar a obstinação do comissário em seguir a lei e fazer os processos policiais como manda a regra. Essa mesma história mostra o vilão aleijando Barbara Gordon – a Batgirl – com um tiro na espinha (o que mais tarde, criaria a personagem “Oracle”, agora uma hacker que ajudaria o Batman no combate ao crime).

É pouco provável que tenhamos algum aproveitamento de “A Piada Mortal” no filme da personagem, mas explorar o comissário como alguém mais profundo do que um simples chefe de polícia certamente é algo que tem potencial para impressionar os fãs, considerando o quão próximo ele é da heroína titular.

J.K. Simmons, aliás, não é estranho a atuar em filmes baseados em quadrinhos – especialmente aqueles conhecidos por seus notórios bigodes: no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), Simmons deu vida a J. Jonah Jameson, o editor e fundador do Clarim Diário, jornal que persegue o Homem-Aranha.

Simmons se junta a Leslie Grace, que viverá a protagonista Barbara Gordon/Batgirl; e Michael Keaton, que viverá novamente o bilionário Bruce Wayne, alter ego do Batman. Keaton viveu o Homem-Morcego nas duas adaptações do herói nos cinemas, em 1989 (Batman) e 1992 (Batman: O Retorno), ambos dirigidos por Tim Burton. Keaton também dará vida a Bruce Wayne no filme solo do Flash, previsto para 2023 e estrelado por Ezra Miller.

Outros atores do elenco de Batgirl incluem: Brendan Fraser (franquia “A Múmia” – ele viverá o vilão Vagalume), e Ivory Aquino (“Lingua Franca”, aqui dando vida a Alysia Yeoh, a mulher transgênero que é a melhor amiga de Barbara Gordon). O filme será dirigido por Adil El Arbi e Bilall Fallah (“Bad Boys”), enquanto Christina Hodson, que escreveu “Aves de Rapina e a Fantabulosa Emancipação de Harley Quinn” e o filme solo do Flash, assina o roteiro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!