Imagens espetaculares feitas pela sonda Juno, da NASA, que está orbitando Júpiter desde 2016, foram divulgadas recentemente pela equipe responsável pela espaçonave. Junto aos novos registros das nuvens do planeta, há também fotos de Io, que além de ser uma das maiores luas de Júpiter, é o corpo mais vulcanicamente ativo do sistema solar.

Imagens de Júpiter tratadas depois do download preliminar dos dados da sonda Juno, obtidas durante o 41º perijove da espaçonave, em 9 de abril de 2022, em altitudes que variavam entre 102.637 km e 3.263 km. Créditos: NASA via Twitter – Brian Swift

Todas essas fotos foram feitas pela JunoCam, a câmera de dois megapixels da espaçonave, ao longo de cerca de três horas, durante seu 41º perijove (passagem mais próxima do planeta), no dia 9 de abril. Em seguida, as imagens foram enviadas à Terra atravessando milhões de quilômetros de distância e captadas pelas antenas da NASA’s Deep Space Network (Rede de Espaço Profundo da NASA, em tradução livre). Os dados brutos enviados pela sonda foram processados e trabalhados para realçar suas cores e contrastes. 

Próximos passos da sonda Juno ao redor de Júpiter e suas maiores luas

Entre as imagens mais fascinantes está a da lua Io, que foi registrada a uma distância de aproximadamente 106 mil km. Io não era fotografada de tão perto desde que a missão New Horizons, também da NASA, realizou um breve sobrevoo em 2007 durante sua jornada para Plutão, capturando, inclusive, uma explosão vulcânica. Segundo a agência espacial norte-americana, a sonda Juno vai fazer novas imagens de Io de uma distância próxima durante um sobrevoo aguardado para dezembro.

Três imagens de Io, captadas pela JunoCam em 9 de abril de 2022. Imagem: NASA/JPL-CALTECH/SWRI/MSSS/JASON PERRY © CC NC SA

No fim de setembro, a sonda vai obter novas imagens próximas da lua Europa. Segundo a NASA, no perijove aguardado para o dia 29, a espaçonave estará a apenas 355 km de distância da superfície de Europa, que é a quarta maior entre as 79 luas jovianas, com 3,1 mil km de diâmetro.

Leia mais:

As fotos vão servir de base de estudo para duas missões que estão sendo planejadas para sucederem Juno: a Europa Clipper, da NASA, e a JUpiter ICy moons Explorer (JUICE), da Agência Espacial Europeia (ESA).

Com lançamento programado para outubro de 2024, a missão Europa Clipper deve chegar à órbita de Europa no final de 2027 para realizar cerca de 45 sobrevoos, durante os quais vai fazer imagens de alta resolução da superfície gelada da lua.

Já a missão JUICE está mais próxima de ser lançada: segundo os planos da ESA, isso deve ocorrer no mês que vem. Se tudo correr como planejado, a espaçonave chegará em 2029 e levará três anos e meio para examinar as luas Europa, Calisto e Ganimedes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!