Após ficar fora do ar nos dias 17 e 21, o Instagram passou por nova instabilidade nesta quarta-feira (24). Segundo o site Downdetector, o pico de reclamações aconteceu no início e no meio da tarde.

O principal problema apontado pelos usuários foi com o app, que não estava entrando direito em algumas funcionalidades.

Leia mais:

Horas após os primeiros problemas terem iniciado, a rede social voltou ao normal, com o pico de reclamações no Downdetector ter diminuído significativamente.

publicidade

Gráfico mostra a evolução das reclamações contra o Instagram nas últimas 24 horas (Imagem: Reprodução/Downdetector)

Uso de filtros nas redes sociais pode parar nos tribunais

Os filtros faciais – aqueles do TikTok e stories do Instagram, por exemplo – estão cada vez mais sofisticados. Tudo é possível, desde pequenas “correções” até mudar completamente a estrutura do rosto. Mas isso pode ser prejudicial para a saúde mental dos usuários.

O que você precisa saber:

  • Alguns países adotaram medidas legislativas para regular o uso dos filtros nas redes sociais;
  • Filtros de beleza estão cada vez mais sofisticados, mas uso crônico pode prejudicar saúde mental dos usuários;
  • A condição médica resultante tem até nome próprio agora: Dismorfia de Selfie;
  • Estudos mostram que parcela significativa de jovens se sentem pressionados pelos padrões de beleza das redes sociais.

Dois terços dos jovens se sentem pressionados pelos padrões de beleza nas redes sociais, de acordo com um estudo da YMCA britânica. Para lidar com esse cenário, vários países adotaram medidas legislativas para regular o uso do filtro.

Intervenção legislativa

Na Noruega e em Israel, as fotos que forem manipuladas por filtros agora devem ser rotuladas assim que forem usadas para publicidade nas redes sociais.

Leia mais aqui.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!