Microsoft tem 45 dias para fechar acordo de compra do TikTok

Prazo foi definido pelo Comitê de Investimentos Estrangeiros nos Estados Unidos, que examina as negociações feitas no país à procura de possíveis riscos de segurança

Luiz Nogueira 03/08/2020 11h20
TikTok e Instagram
A A A

De acordo com três pessoas familiarizadas com o assunto, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, só concordou em permitir que a Microsoft continue negociando a aquisição do TikTok com uma condição: se o acordo puder ser fechado em até 45 dias. 


A medida representa uma reviravolta na decisão de Trump em proibir o aplicativo de vídeos curtos nos Estados Unidos. A aquisição do aplicativo pela Microsoft dará à empresa a oportunidade de se tornar uma concorrente direta do FacebookSnap.

Na sexta-feira, o presidente norte-americano descartou a ideia de venda do aplicativo para a Microsoft. No entanto, após uma discussão com o CEO da companhia, Satya Nadella, o presidente retrocedeu. Por isso, a empresa disse que continuaria as negociações para adquirir o TikTok e que pretendia chegar a um acordo até 15 de setembro.

O prazo de 45 dias dado à ByteDance, dona do TikTok, e à Microsoft foi definido pelo Comitê de Investimentos Estrangeiros nos Estados Unidos, que examina as negociações feitas no país à procura de possíveis riscos de segurança.

Reprodução

Microsoft tem 45 dias para fechar acordo de compra do TikTok. Foto: Reprodução

Ainda segundo uma das fontes, Trump mudou de ideia em relação à proibição do aplicativo após sofrer pressão de alguns de seus assessores e membros do partido republicano. A proibição do TikTok pouco antes das eleições presidenciais dos EUA poderia fazer com que muitos jovens se opusessem ao presidente, atrapalhando sua campanha.

Ao comentar sobre o acordo de compra, a Microsoft informa que, se for concretizado, fará com que a empresa controle as operações do TikTok nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. A companhia ainda afirmou que vai garantir que os dados dos usuários americanos fiquem armazenados nos EUA.

Ainda não está claro quanto a Microsoft poderia pagar pelo TikTok. A Reuters estimou que a avaliação do aplicativo poderia exceder US$ 50 bilhões. No entanto, a pressão dos EUA para o fechamento do negócio pode fazer esse preço ser reduzido.

China X Estados Unidos

À medida que as relações entre os Estados Unidos e a China se deterioram no comércio, segurança cibernética e com assuntos relacionados à disseminação do novo coronavírus, o TikTok surgiu como um novo ponto de inflamação na disputa entre as duas economias. 

Recentemente, o jornal estatal China Daily disse que a ByteDance passa por uma "caça às bruxas". Além disso, a publicação indica que não foi fornecida nenhuma evidência para apoiar a alegação de que o TikTok representa ameaça à segurança dos EUA.

Via: VentureBeat

Segurança Microsoft estados unidos tiktok donald trump
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você