A Starship SN15 subiu e pousou tranquilamente no teste realizado nesta quarta-feira (5), em Boca Chica, no Texas, onde fica a base da SpaceX. O foguete subiu por volta das 17h25, horário local (19h25, no horário de Brasília) e desceu cerca de cinco minutos depois. É a primeira vez que um protótipo da companhia realiza um pouso perfeito.

A SN15 desceu e pousou na base na vertical. Logo que chegou, um pequeno incêndio aconteceu na parte inferior do foguete, mas foi rapidamente contido. O sucesso do quinto teste de altitude foi comemorado por Elon Musk, CEO da SpaceX.

publicidade

Leia mais:

Confira o teste da Starship SN15:

O protótipo SN15 tem melhorias na estrutura, aviônica e software. Já os motores permitem mais velocidade e eficiência durante a produção e o voo. Para o teste de altitude, a Starship ascendeu com a ajuda de três motores Raptor, cada um desligando quando o veículo atingiu o apogeu, a 10 quilômetros de altitude.

Ainda segundo a SpaceX, o foguete fez a transição do propelente (combustível usado em foguetes espaciais) para os tanques principais internos, onde estavam o propelente de pouso, antes de se reorientar para a reentrada e a descida controlada.

O retorno à base da SN15 teve o controle aerodinâmico ativo, realizado pelo movimento independente dos flaps dianteiros e traseiros. Esses quatro flaps foram controlados através de um computador de voo a bordo, que administraram a altitude durante o voo e permitiram o pouso correto.

Os motores Raptor, que haviam se desligado quando o veículo atingiu a altitude desejada, se religaram antes de tocar a plataforma na manobra de pouso.

Subida da Starship SN15. Imagem: NASASpaceflight/Reprodução

O teste acontece pouco mais de um mês depois que o protótipo SN11 explodiu durante o voo, em Boca Chica. No dia 30 de março, aquela Starship foi lançada e explodiu cinco minutos depois, justamente na descida, deixando um rastro de destroços nas instalações da SpaceX.

Com a perfeição do teste da SN15, chegam a três os protótipos da Starship que completam a atividade. Antes, o SN5 e SN6 foram usados para “saltos” a 150 metros de altura.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!