A Tesla planeja abrir a sua rede de carregadores para carros elétricos de outras marcas ainda em 2021. A informação foi divulgada pelo CEO da empresa, Elon Musk, pelo Twitter. Atualmente, a Tesla disponibiliza mais de 2.500 estações de carregamentos, as chamadas Superchargers, com mais de 25.000 compressores.

A rede Supercharger da Tesla está dividida entre países da América do Norte, Ásia, Europa e Oriente Médio. A estratégia foi diferente da adotada por outras montadoras que se aventuraram neste mercado, que preferiram formar alianças ou investir em startups de energia para conseguirem montar suas redes de carregamento.

publicidade
Carros da Tesla sendo carregados
Rede Supercharger tem mais de 25.000 compressores. Crédito: Tesla/Divulgação

Por meio do Twitter, Elon Musk disse na última terça-feira (20) que a rede de carregadores da Tesla será aberta para veículos de outras marcas ainda em 2021. Musk não deu detalhes sobre qual será o primeiro mercado a receber a novidade, porém, o CEO garantiu que, paulatinamente, o modelo será expandido para o mundo todo.

Agradando governos

A possibilidade de outros veículos usarem a rede de carregamento da Tesla já é uma demanda conhecida em mercados onde a marca é popular. Na Alemanha, por exemplo, o ministro dos Transportes e Infraestrutura Digital, Andreas Scheuer, disse no mês passado que estava tentando convencer a montadora a abrir sua rede de recarga para seus concorrentes.

Já nos Estados Unidos, não foi feito nenhum pedido expresso para que a Tesla abrisse mão da exclusividade de sua rede, mas no final do mês passado, o presidente, Joe Biden, anunciou um plano ambicioso na área de infraestrutura, que inclui nada menos do que US$ 7,5 bilhões (cerca de R$ 40 bilhões) em infraestrutura de veículos elétricos, o que inclui estações de carregamento.

Leia mais:

Uma melhor infraestrutura de carregamento para carros elétricos nos EUA poderia encorajar mais estadunidenses a comprar veículos elétricos, o que pode dar à General Motors e à Ford o combustível necessário na batalha contra a Tesla pela liderança desse segmento do mercado automotivo. Atualmente, empresas como Blink Charging, EVgo, ChargePoint e Volkswagen estão construindo suas redes no país.

Com informações do Auto Blog

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!