A armeira Hannah Gutierrez-Reed está sendo investigada pelo departamento do xerife de Santa Fé, no Novo México, após a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins. A cineasta faleceu no dia 21 de outubro após ser atingida por um disparo efetuado pelo ator Alec Baldwin durante um ensaio no set do filme ‘Rust’, que usou uma arma que não deveria ter balas de verdade. Agora, os advogados da armeira falam em “sabotagem”.

Em entrevista ao programa televisivo norte-americano Today, do canal NBC, Jason Bowles e Robert Gorence defenderam a profissional de 24 anos. Eles disseram que estão investigando a possibilidade de uma bala de verdade ter sido colocada na caixa de munições falsas usadas nas gravações com o intuito de “sabotar o set”.

publicidade

Leia mais:

“Eu acredito que alguém que faria isso iria querer sabotar o set, provar um ponto, querer dizer que eles estão descontentes, estão infelizes. E sabemos que as pessoas saíram do set no dia anterior”, Bowles. Alguns integrantes da equipe haviam deixado o local de gravação, no rancho Bonanza Creek, após reclamações de insegurança no trabalho e sobre as acomodações que receberam para descanso.

Assim, o advogado acrescentou que ninguém deveria ser descartado das investigações no momento. “Temos pessoas que saíram do set, que saíram porque estavam descontentes. Temos um intervalo de tempo entre 11 [da manhã] e 13 [da tarde], aproximadamente, daquele dia, em que as armas às vezes ficavam desacompanhadas, então havia oportunidade de adulterar essa cena”, acrescentou.

As autoridades que investigam o acidente no set de ‘Rust’ encontraram, na última sexta-feira (29), ao menos uma bala de verdade calibre .45 em um caminhão do filme. O veículo, de acordo com Gorence, “estava completamente sem vigilância em todos os momentos, dando a alguém acesso e oportunidade”.

Halyna Hutchin
Halyna Hutchin veio a falecer após o acidente. Imagem: Instagram / Reprodução

Ainda segundo o departamento de polícia do local, 500 cartuchos de balas, entre reais, falsos e vazios, foram encontrados. Porém, os investigadores não mencionaram nada sobre o caminhão ser deixado sem supervisão.

Além da armeira Hannah Gutierrez-Reed, o diretor assistente David Halls também é investigado. Ele quem entregou a arma a Alec Baldqin e afirmou que estava “fria”, ou seja, sem balas. No ensaio da cena de tiroteio, o ator disprava de frente para a câmera. Hutchins foi atingida no peito e morreu. O diretor Joel Souza ficou ferido no ombro.

Mesmo com Halls afirmando à polícia que não analisou a arma em questão naquele dia, Gutierrez por sua vez garante que verificou e se certificou de que não havia balas dentro do revólver. Além de ser contratada com armeira, Hannah ainda acumulava a função de assistente de adereços. ‘Rust’ foi o segundo filme dela como armeira.

Hannah Gutierrez é filha de outro armeiro, o veterado Thell Reed. Ela estreou na função no filme ‘The Old Way’, com Nicolas Cage, que estreia em 2022. O ator chegou a se irritar com ela por ter disparado tiros no set de filmagens duas vezes, sem avisar a ninguém, em um período de três dias. Outros integrantes da equipe também reclamaram da negligência de Gutierrez com as armas e protocolos de segurança.

Via: Deadline

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!