Apadrinhada pela Amazon, a fabricante de elétricos Rivian mal começou a entregar seu primeiro modelo para o público geral e já ultrapassou a Volkswagen em capitalização. Assumiu o posto de terceira montadora mais valorizada do mundo. Nesta quarta-feira (17), o valor da empresa americana pulou para US$ 138,11 bilhões (em torno de R$ 760 bi), passando a montadora alemã, que possui valor de mercado estimado em US$ 136,28 bilhões (aproximadamente R$ 750,3 bi).

No topo da lista, figura a Tesla, que possui uma capitalização de mercado avaliada em US$ 1,1 trilhão (em torno de R$ 5,84 trilhões), à frente de Toyota, com US$ 262,02 bilhões (R$ 1,4 trilhão), Rivian, Volkswagen e a chinesa BYD, que vale US$ 133 bilhões (R$ 733,1 bi). Completam a lista das dez mais valiosas do mundo: Daimler, com US$ 108 bilhões (R$ 595,3 bi), General Motors, com US$ 91 bilhões (R$ 501,6 bi), Lucid, com US$ 89 bilhões (R$ 490,6 bi), Ford, com US$ 79 bilhões (R$ 435,4 bi), e Great Wall, com US$ 69,9 bilhões (R$ 385,3 bi).

publicidade

Cabe lembrar que, embora seja a montadora mais valorizada do mundo, a Tesla não supera suas concorrentes em produtividade, e a lógica vale também para a Rivian. Isso porque, no mercado de capitais, o volume de vendas desempenha um papel minoritário na avaliação de uma empresa. Mais importante do que isso, é o crescimento contínuo da empresa em questão, de preferência acima da previsão dos analistas.

Como isso muitas vezes é difícil de mensurar, os valores neste mercado são extremamente instáveis. A Rivian, por exemplo, chegou a ter uma valorização de 15,6% na terça-feira (16), ultrapassando a cifra de US$ 150 bilhões, somente para cair no dia seguinte para US$ 138,1 bi.

Tabela com montadoras mais valorizadas do mundo em 17 de novembro de 2021
As 10 montadoras mais valorizadas do planeta neste momento (Companies Market Cap/Reprodução)

Elétricas em ascensão

A Rivian não é a única montadora de veículos elétricos em ascensão na lista das mais valorizadas. De acordo com informações do site Companies Market Cap, que monitora as oscilações no mercado de capitais, a maioria das empresas em alta na indústria automotiva são as “eletrificadas”, mesmo com um volume de unidades à venda abaixo de grandes montadoras.

A chinesa Nio, por exemplo, figura em 12º lugar, avaliada em US$ 66 bilhões (R$ 363,3 bi), logo abaixo da BMW e à frente de Stellantis e Honda. Já a XPeng, considerada “a rival chinesa da Tesla”, ocupa o 16º posto, com valor de mercado estimado em US$ 43,97 bilhões (R$ 242,1 bi), à frente de nomes como Kia, Suzuki, Subaru e Renault.

Via InsideEVs

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!