Quase dois meses após o acidente fatal com uma arma de fogo no set de gravações do filme ‘Rust’, o Departamento de Polícia de Santa Fé, no estado norte-americano do Novo México, emitiu um mandado de busca no celular de Alec Baldwin. O ator estava ensaiando uma cena no dia 21 de outubro quando disparou uma arma que achava ser cenográfica, atingindo fatalmente a diretora de fotografia Halyna Hutchins no peito.

A polícia vai buscar informações relacionadas ao disparo no telefone de Baldwin. Anteriormente, os advogados do ator afirmaram só entregar o aparelho após o mandado. Assim, ele foi solicitado pela detetive Alexandria Hancock, enquanto investiga qualquer evidência relacionada à produção de ‘Rust’ que possam ajudar a desvendar o caso.

publicidade

Leia mais:

No pedido, a detetive afirmou acreditar que pode “haver evidências no telefone, devido ao uso de telefones celulares por indivíduos durante e/ou após a prática do(s) crime(s)”. “Essas informações, se existirem, podem ser materiais e relevantes para esta investigação”, completou.

Entenda o acidente

No dia 21 de outubro, durante o ensaio de uma cena de tiroteio, o diretor assistente David Halls entregou uma arma ao ator Alec Baldwin, protagonista de ‘Rust’, afirmando estar “fria”, expressão usada quando não há munição real. Mas, ao praticar a cena em que dispara em direção à câmera, Baldwin atingiu Hutchins, de 42 anos, no peito com um projétil de verdade deixado na arma. O diretor Joel Souza foi baleado no ombro.

Serge Svetnoy e Halyna Hutchins trabalhavam juntos no set de 'Rust'
Halyna Hutchins (D) foi atingida no peito pelo disparo. Imagem: Facebook/Reprodução

Os advogados da armeira Hannah Gutierrez-Reed alegam sabotagem. Ela e Halls são investigados pelo departamento do xerife de Santa Fé. Membros da equipe do filme já haviam reclamado da insegurança no set e alguns haviam deixado o local de filmagens, em protesto, mais cedo naquele dia.

‘Rust’ começou a ser filmado no início de outubro, no estado norte-americano do Novo México. De acordo com o New Mexico Film Office, o projeto empregaria 75 pessoas na equipe, 22 atores e 230 talentos do estado.

Via: The Hollywood Reporter / Deadline / Screen Rant

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!