A SpaceX realizou na manhã desta quinta-feira (6) seu primeiro lançamento de 2022. Um foguete Falcon 9 carregando 49 satélites para a constelação de banda larga Starlink decolou do Complexo de Lançamento 40 da Estação da Força Espacial dos EUA em Cabo Canaveral, na Flórida, às 18h49 (horário de Brasília). 

O foguete, que já foi usado quatro outras vezes, pousou na balsa “A Shortfall of Gravitas“, no litoral da Flórida, nove minutos após o lançamento. A liberação dos satélites em órbita foi confirmada pela SpaceX 1 hora e 20 minutos após a decolagem.

publicidade

Os satélites usados nesta missão tem um sistema de intercomunicação a laser, que promete acelerar a transferência de dados e reduzir a latência para consumidores na Terra. Com ele, os satélites podem repassar dados diretamente entre si, sem ter de usar estações e infraestrutura em solo como intermediários.

Em 2021 a SpaceX quebrou seu próprio recorde e lançou um total de 31 missões, todas usando o Falcon 9. Para 2022 a expectativa é maior ainda, já que o ano também incluirá o lançamento de alguns Falcon Heavy, que não voa desde 2019, e também do sistema composto pela Starship e Super Heavy, em seu primeiro voo orbital.

Leia mais:

Alguns analistas estimam que em 2022 a SpaceX conseguirá dobrar seu desempenho em relação ao ano anterior, chegando a até 60 lançamentos, ou cinco por mês. É um ritmo que parece acelerado, mas foi atingido durante os últimos meses de 2021.

O próximo lançamento da SpaceX ocorrerá em 13 de janeiro, quando um Falcon 9 fará um lançamento compartilhado (rideshare) de vários satélites de pequeno porte. 11 dias depois outro Falcon 9 deve lançar um satélite de reconhecimento por radar, chamado COSMO-SkyMed Second Generation, para a agência espacial italiana.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!