Conhecida por seus hipercarros de luxo e extremamente caros, a Bugatti apresentou uma scooter elétrica na Consumer Electronics Show deste ano (CES 2022). A empresa francesa – pertencente à Rimac – juntou-se à americana Bytech International para revelar um veículo dobrável projetado para o uso diário e em sintonia com o design exclusivo da marca.

Com uma estrutura em liga de magnésio, a scooter traz duas rodas de 9 polegadas e pesa apenas 15,9 kg. Seu design limpo, tido como aerodinâmico e funcional, se baseia em linhas e cores associadas à linguagem da Bugatti, com acabamentos em azul, prateado e preto.

publicidade

Leia mais:

Elegância elétrica

scooter elétrica da montadora francesa
Imagem: Divulgação/Bugatti

A scooter elétrica funciona com um motor de 700 W fornecendo energia suficiente para subir uma inclinação de até 15 graus. O dispositivo é emparelhado com uma bateria portátil removível de 36 V e 10 Ah, que pode ser recarregada em uma tomada padrão em cerca de quatro horas.

São três modos de condução: Economy, City e Sport. Com eles, as velocidades máximas possíveis são de 14 km/h, 20 km/h e 30 km/h respectivamente. A e-scooter também possui uma função de controle de cruzeiro disponível.

A Bugatti diz que sua scooter elétrica deve fornecer até 35 km de alcance, contando com um sistema de freio duplo com ABS eletrônico na roda traseira. Além disso, há piscas, base iluminada e um logotipo de projeção do monograma “EB” traseiro, que vem de “Ettore Bugatti”, fundador da marca francesa.

imagem de trás do patinete da Bugatti
Imagem: Divulgação/Bugatti

As luzes laterais se projetam para baixo da prancha, criando uma nuvem de luz abaixo do patinete. Já uma grande tela de LED exibe para o condutor a velocidade, o modo de pilotagem, a duração da bateria e o status da luz.

Um Bugatti acessível (talvez)

Falando sobre o projeto, o diretor administrativo da Bugatti, Wiebke Stahl, observou que “a parceria com uma empresa como a Bytech nos dá a oportunidade de expandir nosso alcance no espaço de mobilidade elétrica com um parceiro experiente e um produto que pode ser apreciado por consumidores em todo o mundo”. A Bytech comercializa uma gama de produtos, indo desde suportes de telefone a alto-falantes Bluetooth.

Scooter elétrica da Bugatti na cor azul
Imagem: Divulgação/Bugatti

Não há informações sobre quando a scooter elétrica estará disponível ou qual será seu preço. A Bugatti produz alguns dos melhores carros – mais rápidos e mais caros – do mundo. Ou seja, é possível esperar que o patinete alcance um valor acima dos modelos normais de consumo.

Vale lembrar que este não é o primeiro Bugatti elétrico, mas sim o primeiro Bugatti elétrico com duas rodas. A réplica elétrica do clássico Bugatti Type 35, chamada de Bugatti Baby II, tem quatro rodas e potência máxima de até 10 kW.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!