A chegada da internet mudou diversos comportamentos da sociedade, seja na maneira de se comunicar com amigos e familiares, ou seja na forma como as pessoas começam a se conectar com o mercado de trabalho.  

Quem nunca viveu ou ouviu alguém mais velho relatar sobre a experiência de entregar currículos pessoalmente nas empresas? Isso já foi muito comum, mas atualmente a melhor forma de se conectar com as empresas é online, tanto que existe uma plataforma focada neste nicho: o LinkedIn.  

Não conhece a ferramenta? Acompanhe a matéria e conheça a fundo o LinkedIn e veja como não apenas é bom, mas como é essencial ter um perfil na rede social profissional.  

Leia também!

publicidade

O que é o LinkedIn? 

O LinkedIn é uma rede social focada no campo profissional de seus usuários. A plataforma visa conectar profissionais de todo mundo para trazer benefícios às suas carreiras, além de mostrar seu perfil para as empresas que buscam candidatos e que os usuários almejam trabalhar.  

A plataforma foi criada em 2003 e, atualmente possui cerca de 774 milhões de usuários em mais de 200 países e territórios de todo o mundo. A ferramenta foi completamente vendida a Microsoft em 2016, associando o maior serviço de nuvem profissional do mundo com a maior rede profissional do mundo.

O que é perfil no LinkedIn?  

De acordo com a própria rede social, um perfil funciona como uma marca pessoal, onde o usuário pode gerenciar a forma como apresentará sua carreira aos demais. O perfil é uma ótima forma de exibir a sua história, suas experiências e conquistas no mercado de trabalho.  

No perfil do LinkedIn os usuários podem interagir com diversas pessoas e empresa do setor que almeja trabalhar ou já atua. É por meio desta conta que você conseguirá estabelecer conexão e mostrar o que procura, além de também deixar evidente o que tem para oferecer aos recrutadores.

montagens demonstrando perfis no LinkedIn
É no perfil do LinkedIn onde os usuários poderão se apresentar ao mercado de trabalho. Imagem: art.em.po/Shutterstock

O LinkedIn é gratuito? 

A rede social é gratuita, permitindo que quaisquer pessoas com mais de 16 anos possam criar um perfil. No entanto, a plataforma possui uma versão Premium que oferece ferramentas diferenciadas que poderão destacar o perfil pago em relação aos demais.  

Como funciona o LinkedIn? 

Assim como outras redes sociais, o LinkedIn permite que usuários façam postagens de textos, fotos e vídeos, além de proporcionar a interação entre os contatos por meio de curtidas, comentários e conversas por chat privado.  

Para que serve o LinkedIn?  

Um dos principais trunfos de usuários do LinkedIn é fazer contatos pela plataforma, que podem te ajudar em diversos momentos, como, por exemplo:  

Busca por emprego  

A rede social facilita que usuários vejam vagas disponíveis em empresas e, principalmente, que as empresas conheçam o perfil dos candidatos. Por isso, compartilhar seus feitos profissionais é muito importante.  

Recrutamento e seleção  

A plataforma também é muito importante para as empresas. Afinal, uma companhia também precisa ser vista pelo mercado e, sem dúvidas, é mais fácil divulgar as vagas disponíveis para pessoas que já acompanham a empresa, além de ser uma forma mais prática para realizar o recrutamento e seleção, acompanhando o perfil de cada candidato.  

Novas conexões  

Como dito, os contatos são muito importantes e, talvez, o principal foco do LinkedIn. Conversar com pessoas que já passaram ou atuam em empresas que você almeja trabalhar, acompanhar a carreira de grandes profissionais da sua área e fazer amizades com os colegas de trabalho são pontos essenciais para fomentar seu nome no mercado.  

Homem olhando ilustração de pessoas, representando as conexões criadas no LinkedIn
Imagem: Gigra/Shutterstock

Credibilidade no mercado  

E, como apontado pelo próprio LinkedIn, a rede social funciona como uma maneira para que os usuários gerenciem sua marca pessoal e profissional. Realizar postagens coerentes com o nicho almejado e relatar experiências profissionais que agregaram a empresa e a você próprio, são formas de apresentar seu perfil e a comprovação dessas histórias com curtidas e comentários dos seus contatos também pode aumentar sua credibilidade.  

Como criar um LinkedIn?  

Muitas pessoas enxergam a rede social profissional como um grande bicho de sete cabeças, no entanto, criar um perfil no LinkedIn é uma tarefa muito tranquila e que não exige esforço algum. Basta entrar no site oficial da plataforma, informar seu nome, sobrenome, e-mail e senha.  

Vale ressaltar que é necessário ter, no mínimo, 16 anos e utilizar seu nome verdadeiro ao criar um perfil. Nomes de empresa e pseudônimos não são permitidos, explica o LinkedIn.  

Em seguida você terá que informar seus dados pessoais para criar seu perfil, além de escolher uma foto, relatar suas experiências profissionais e etc.  

Como usar o LinkedIn? 

A ferramenta funciona como qualquer rede social em que é preciso interagir com outros usuários, curtindo e comentando publicações e fazendo suas próprias postagens. O LinkedIn possui aplicativo para os sistemas operacionais Android e iOS, além de uma versão para web.  

Como colocar currículo no LinkedIn? 

O LinkedIn permite que as pessoas anexem seus próprios currículos na plataforma para se candidatar a vagas de emprego. O processo pode ser feito de maneira muito simples:  

  • Acesse as configurações da conta;  
  • Em seguida, procure pela opção “Privacidade”. Depois, toque na opção “Configurações da candidatura à vaga”;  
  • Toque em “Carregar currículo” e basta enviar o arquivo. São aceitos arquivos no formato .doc, .docx ou PDF com tamanho máximo de 5 MB.  

Pessoas que não possuem currículo pronto podem contar com a rede social para criar um. É possível baixar seu perfil em formato PDF, ou então utilizar o LinkedIn Resume Builder para criar o documento.  

Ilustração de um currículo
Usuários podem adicionar o currículo ao LinkedIn. Imagem: Andrew Krasovitckii/Shutterstock

O que colocar no título do LinkedIn? 

O título do LinkedIn é uma breve descrição de especialidades que aparece abaixo do nome do perfil. O campo funciona como uma espécie de apresentação aos recrutadores ou outros profissionais que visitarem a sua página.  

Esse espaço será automaticamente gerado com o preenchimento de seus cargos, mas você pode editá-lo para promover sua área de especialização ou um traço marcante de sua personalidade profissional. 

Tente ser coerente e claro no seu título. O espaço possui limite de 120 caracteres onde o aconselhável é você apresentar seu cargo atual, área de atuação, local atual de trabalho, interesses e experiência. Palavras-chave também são aconselháveis para que seu perfil seja encontrado facilmente por recrutadores.  

O que colocar no resumo do LinkedIn? 

O resumo funciona como uma breve descrição do profissional que você é. Se atente para não ser prolixo, foque em características positivas que agregam um ambiente profissional e reforce seus talentos e até mesmo seu desejo de carreira.  

Como adicionar certificados no LinkedIn? 

É possível adicionar diversos tipos de certificado na plataforma para comprovar suas experiências. O processo é muito simples e pode ser realizado da mesma maneira na versão para Android, iOS ou web.  

  1. No seu perfil, procure pela opção “Adicionar seção no perfil”;  
  2. Selecione “Histórico profissional” e, em seguida, clique em “Licenças e certificados”;  
  3. Preencha as informações sobre o certificado e depois tecle em “Salvar”.  

Como colocar promoção no LinkedIn? 

Acredito que já esteja claro a importância de compartilhar as suas experiências com seus contatos do LinkedIn e, com certeza, uma promoção no trabalho não pode ficar de fora desses relatos.  

Se você teve a sorte de passar por essa alteração de cargo, lembre-se de fazer a edição do seu perfil na rede social, o processo é muito fácil e você pode escolher se deseja ou não compartilhar a informação com seus contatos.  

  1. Clique sobre o ícone para edição do perfil e, em seguida, escolha a opção “Adicionar novo cargo”;  
  2. Preencha as informações da promoção e marque a opção “Este é o meu cargo atual”;  
  3. Escolha se deseja compartilhar a atualização com seus contatos. Se optar por esta opção, será possível visualizar a mudança no feed de notícias da rede social.  

Como bloquear alguém no LinkedIn? 

Assim como em qualquer rede social, no LinkedIn também é possível se deparar com pessoas desagradáveis. Neste caso, o mais aconselhado é bloquear o perfil em questão para que ele não tenha acesso ao seu perfil e suas publicações.  

  1. Vá até o perfil do usuário que deseja bloquear;  
  2. Selecione o botão “Mais…” abaixo da foto de perfil do usuário e depois clique em “Denunciar/Bloquear”;  
  3. Selecione “Bloquear [nome do usuário]” em “O que você deseja fazer?”; 
  4. Clique em “Bloquear”. 

Como escolher uma capa para LinkedIn? 

Muitas pessoas podem pensar que a foto de capa do LinkedIn é um espaço para exibir o dom com a fotografia de paisagens, mas não é bem assim! Especialistas de recrutamento apontam para a importância de fazer a imagem em destaque conversar com todo o seu perfil, além de necessitar ser uma imagem bem pensada tanto para versão mobile ou desktop, já que o layout é diferente nos dispositivos.  

Espaço físico do LinkedIn
LinkedIn é uma das empresas que deverá manter o trabalho remoto depois da pandemia. Crédito: LinkedIn/Divulgação

Pense em uma foto que diga algo sobre você. Por exemplo, se você trabalha com eventos, pode utilizar uma foto de produção. Se trabalha com palestras, uma foto em cima do palco. Se já escreveu um livro, pode até mesmo utilizar a capa como um espaço publicitário para sua obra.  

Resumindo, não escolha qualquer imagem apenas para preencher o espaço. É ainda possível combinar a foto de perfil com a foto de capa, por exemplo, escolhendo como capa uma imagem que tenha como cor predominante a mesma que está no fundo de sua foto de perfil.  

Como adicionar o Open to Work do LinkedIn?  

O Open to Work é um selo do LinkedIn para demonstrar a recrutadores e outros profissionais que você está disponível para um novo trabalho. Adicionando o selo é possível escolher quem poderá visualizá-lo no seu perfil, é possível deixar aparente para todos os usuários ou apenas recrutadores.  

Para adicionar o ícone no seu perfil é muito simples, acompanhe o passo a passo:  

  1. Clique no ícone “EU”;  
  2. Depois selecione “Visualizar perfil”;  
  3. Tecle no botão “Abrir” e, em seguida, “Encontrar um novo emprego”;  
  4. Insira as informações solicitadas e, depois selecione “Adicionar ao perfil”.  

Como retirar o Open to Work do LinkedIn?  

Se você já tiver encontrado um emprego, ou então decidiu parar a busca, é possível desativar o selo Open to Work. Futuramente você poderá colocá-lo de novo.

  1. Clique no ícone “Eu”, depois vá até “Visualizar perfil”;  
  2. Selecione o ícone “Editar” da caixa Open to Work no topo do perfil;  
  3. Clique em “Excluir do perfil” e confirme a ação.  

Como baixar vídeo do LinkedIn? 

A rede social permite que os usuários baixem os vídeos postados por outras pessoas sem a necessidade de instalar aplicativos terceiros. O processo pode ser realizado de maneira rápida pela versão web.  

  1. Abra o perfil da pessoa que publicou o vídeo do seu interesse e selecione “Ver todas as atividades”; 
  2. Escolha “Publicações” e procure pelo vídeo desejado; 
  3. Agora basta clicar com o botão direito do mouse e selecionar a opção “Salvar no computador”.  

Como se destacar no LinkedIn? Confira dicas para profissionais e empresas 

Ter um perfil de destaque no LinkedIn é muito importante, seja para usuários ou para empresas. A plataforma funciona como um catálogo para o mercado, então algumas dicas podem ajudar.  

Para profissionais:  

Frequência  

Apenas criar o perfil não é a chave para o sucesso, é necessário atualizar suas postagens, escrever artigos, compartilhar matérias e até mesmo curtir os posts de colegas, mostrando que você está presente e que as informações contidas no seu perfil são verídicas e atuais.  

Foto de perfil  

A primeira impressão é muito importante, escolha uma foto que transmita o que você deseja transparecer aos recrutadores. Não envie fotos escuras, com baixa qualidade, ou com muita poluição visual no fundo.  

Conexão  

Não deixe de conversar e interagir com as pessoas da sua área profissional. Estabeleça boas relações, troque mensagens sobre experiências e mantenha contatos estratégicos em ambientes que você deseja acessar.  

Competências  

Não deixe de adicionar as competências aos seu perfil. As palavras desta categoria servem como um filtro dos recrutadores para busca e para corte de candidatos.  

Recomende colegas 

A recomendação é, até hoje, uma das melhores formas de ser notado por empresas. Faça isso com seus colegas para que eles também possam fazer com seu perfil, isso aumenta sua credibilidade diante dos recrutadores.  

App do LinkedIn em um Apple iPhone 4
O LinkedIn visa a conexão de profissionais com empresas. Imagem: hocus-focus/iStock

Para empresas: 

Company Page 

Crie a Company Page da sua instituição para que as conheçam mais sobre sua empresa. Descreva seus serviços ou produtos, conte a história da companhia, missão, valores e objetivos. Aproveite a página para também compartilhar vagas e se relacionar com possíveis clientes.  

Valorize sua marca  

Escolha uma foto com o logo da empresa, publique conteúdo de qualidade com frequência. Uma forma para tal feito também é enaltecer seus funcionários, afinal, uma empresa de qualidade trabalha com profissionais de alta capacidade.  

Acompanhe tendências  

Acompanhar o mercado e os concorrentes é essencial para que sua empresa não fique ultrapassada. Visualize ideias de empresas do mesmo setor para conhecer as inovações presentes.  

Grupos 

Assim como outras redes sociais, o LinkedIn também possui grupos para pessoas ou instituições que visam os mesmos interesses. Faça parte destes grupos, deixe sua empresa em destaque para que profissionais se interessem pela sua companhia.  

Invista em conteúdo  

Como já dito, manter a sua página sempre atualizada é essencial e para isso, você deve investir em conteúdo de qualidade e que renda frutos. Não compartilhe qualquer coisa, tenha certeza sobre as informações postadas e, se possível, dedique uma equipe para cuidar dessa área e criar postagens atraentes.  

LinkedIn Learning: o que é? 

Voltado para o ambiente profissional, o LinkedIn também oferece uma plataforma de cursos para seus usuários. A ferramenta funciona por meio de uma assinatura que pode ser mensal ou anual, custando R$ 69,99 ou R$ 36,99, respectivamente.  

O LinkedIn Learning oferece cerca de 16 mil cursos feitos com profissionais de diversas áreas visando a capacitação dos usuários. Além disso, é possível ter acesso a exercícios e certificações dos cursos.  

O que é inMail no LinkedIn? 

O InMail é um recurso de mensagens próprio do LinkedIn. A ferramenta garante mensagens privadas e personalizadas que ajudarão você a entrar em contato com qualquer usuário da rede social e seu uso garante uma média de respostas mais alta do que chamadas telefônicas ou e-mails.

Pessoa digitando no computador com ilustração de cartas
Imagem: Billion Photos/Shutterstock

O que é Top Voice no LinkedIn? 

Os Top Voices são os perfis de maior destaque da rede social. Essa foi a maneira que a plataforma encontrou para reconhecer seus usuários que possuem grande engajamento e, consequentemente, influenciam outros profissionais.  

Os perfis reconhecidos como Top Voices ganham um selo de referência e podem ser convidados para palestras, eventos e reuniões exclusivas. Além disso, estes usuários também chamam atenção das marcas.  

O que é LinkedIn Premium? 

O LinkedIn Premium é o serviço de assinatura da rede social, que apresenta benefícios exclusivos. O programa possui 4 tipos de perfis, são eles: Career, para pessoas que buscam vagas de emprego; Business, para quem visa fazer novas conexões e promover seus próprios negócios; Sales Navigator Core, para gerenciamento de leads e ferramenta de vendas; e o Recruiter Lite, que é voltado para profissionais que buscam por candidatos para as empresas.  

O LinkedIn promete que com o plano Career os usuários poderão destacar-se no contato com recrutadores, fazer comparação com outros candidatos e adquirir novas competências. Além disso, é possível enviar 5 InMails por mês e visualizar quem visualizou seu perfil. O plano tem o custo de R$ 70,90 por mês.

No Business, é possível enviar mensagens diretas a potenciais parceiros, visualizar as tendências de crescimento do seu setor e adquirir competências que alavancam a sua marca. O plano tem o custo de R$ 129,90 por mês.

O plano Sales Navigator Core facilita o encontro de leads e contas que se enquadram no público-alvo, estatísticas exclusivas e facilidade no desenvolvimento de relacionamento com potenciais clientes. A mensalidade do plano custa R$ 399,90.

Já o Recruiter Lite foi criado para quem busca talentos e precisa de respostas rápidas e qualificadas, além de facilitar o contato com os melhores talentos. O plano custa R$ 749,90 mensais.

O que é candidatura simplificada no LinkedIn? 

A candidatura simplificada é a forma que a rede social conecta usuários a possíveis vagas de emprego. As empresas que anunciam na plataforma podem escolher se desejam receber a candidatura pelo próprio LinkedIn.  

As vagas anunciadas que aceitarem este tipo de candidatura terão a opção “Candidatura Simplificada”. Ao clica na opção, o usuário deverá relatar algumas informações nas telas pop-up que surgirem.  

O que postar no LinkedIn? 

Essa é uma dúvida que assombra muitas pessoas e, normalmente, é o motivo para que muitas outras não atualizem os seus perfis. As postagens no LinkedIn são o campo disponível para que os profissionais falem sobre assuntos que dominam, mostrando para os outros sua autoridade sobre determinados temas.  

Então, garanta que suas postagens são relevantes e assertivas. Conheça a fundo os assuntos que estão em debate na sua área profissional e discorra sobre eles em textos, artigos e até mesmo vídeos. Conte sobre momentos que já vivenciou na carreira e formas que ultrapassou desafios profissionais.

Se possível, antes de compartilhar o conteúdo, tenha certeza de sua qualidade. Compartilhe com um amigo mais próximo para garantir a coesão e escrita correta do texto, por exemplo.

Teclado branco escrito "LinkedIn" e "Post"
Imagem: Novikov Aleksey/Shutterstock

Qual o melhor horário para postar no LinkedIn? 

De acordo com uma pesquisa da desenvolvedora de softwares Sprout Social, entre terças e quintas-feiras das 12h às 17h. Estes são os dias e horários que rendem mais engajamento nas publicações.  

No entanto, publicar somente nestes horários não adianta. Além disso também é necessário manter uma frequência nos posts e utilizar recursos que aumentam o engajamento, como as hashtags.  Se possível, crie conteúdo de gaveta, para que eles sejam compartilhados seguindo um calendário estratégico de frequência.

Conclusão

Pronto! Agora você já sabe o que é e as principais informações do LinkedIn e já pode começar a rede social com sabedoria para alcançar seu sucesso profissional.  

E como podemos ver, o LinkedIn não é um bicho de sete cabeças, é apenas uma rede social que deve ser levada um pouco mais a sério. Não esqueça de nenhuma das dicas aqui descritas que você com certeza terá um perfil profissional de sucesso. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!