Em mais uma vitória para o movimento de direito de reparo, a Samsung anunciou semana passada que vai começar a vender peças para seus celulares para que os usuários possam consertar seus próprios aparelhos. A ação da Samsung vem na esteira de anúncios similares da Apple e Microsoft.

Na quinta passada (31/3), a Samsung publicou uma declaração, dizendo que “os donos de aparelhos Galaxy poderão eles mesmos fazer o conserto dos modelos mais populares da Samsung, a linha Galaxy S20 e S21 e o Galaxy Tab S7 +, a partir do meio do ano”. A ação é uma parceria com o canal iFixit, e vai fornecer “peças genuínas, ferramentas e guias intuitivos passo a passo de reparo”.

publicidade

As peças que a Samsung vai disponibilizar são telas, vidros traseiros e partes para o sistema de carregamento. Ainda segundo o anúncio, “no futuro a Samsung planeja expandir a opção de auto-reparo para mais dispositivos do nosso extenso portfólio de produtos”.

Leia mais:

Vale apontar que a Samsung é a fabricante de smartphones mais popular globalmente, o que significa que cerca de 20% de todos os smartphones no mundo são da marca. A fatia do mercado da Apple, a maior concorrente da Samsung, por exemplo, é de cerca de 17%.

Via: Motherboard

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!