É difícil cravar que estas são as criaturas marinhas mais estranhas do planeta. Porém, podemos afirmar que esses são os seres mais bizarros que intrigaram o Olhar Digital.

O peixe-futebol

O fundo do mar tem muitos mistérios – além do colar do Titanic, claro. Provavelmente, você já conhece o peixe-futebol do Pacífico pela animação ‘Procurando Nemo’.

publicidade

Esse peixe assustador vive em águas profundas e atrai suas presas com um bulbo que emite luz fosforescente. Esse espécime foi flagrado em uma praia da Califórnia, nos Estados Unidos.

Peixe-futebol encontrado na Califórnia.
Peixe-futebol encontrado na Califórnia. Créditos: Davey’s Locker Sportfishing & Whale Watching

Leia também:

A criatura marinha que se despedaça

Certamente, este é um dos registros mais inusitados da internet. Trata-se de um animal, parecido com uma água-viva, flagrado por um Veículo de Operação Remota (ROV, na sigla em inglês). Após nadar graciosamente em frente às câmeras, a criatura marinha se despedaça. É incompreensível!

A água-viva que parece o olho de um peixe

Não se deixe enganar pela aparência inofensiva desta água-viva. Com um corpo gelatinoso, ela parece um globo ocular perdido de um peixe. Porém, essa ingênua confusão pode provocar uma picada indesejada.

A Rhizophysa Eysenhardti, nativa do Oceano Atlântico, também é conhecida por monstro espaguete. Tadinha, porque ela é prima da lindíssima caravela-portuguesa.

Água-viva Rhizophysa eysenhardti
Água-viva Rhizophysa eysenhardti. Créditos: Pen News/Jennifer Baltazar

A raia Demogorgon

Era apenas mais um dia para esta raia, mas a linha de pesca enrolada em seu corpo a fez parecer um Demogorgon – aquele monstro da série ‘Stranger Things’. Apesar de este peixe ser comum, o registro feito por uma usuária do TikTok transformou ele em uma criatura bem amedrontadora.

O verme com centenas de ânus

O Ramisyllis Multicaudata é da mesma família das minhocas e vive dentro de esponjas localizadas na costa australiana. Sim, a Austrália tem animais muito esquisitos. Essa espécie de verme permite que sua cabeça dê lugar a vários corpos, gerando centenas de ânus diferentes.

Tubarão “Zé Gotinha”

Este simpático tubarão foi encontrado na barriga de uma mamãe tubarão capturada na Indonésia. Ele era diferente de sua genitora e dos seus irmãos, e parece o Zé Gotinha, símbolo das campanhas de vacinação organizadas pelo governo brasileiro.

Tubarão
Filhote de tubarão com rosto humano. Créditos: Reprodução/YouTube

Um dos maiores peixes ósseos do mundo

Encontrado em águas profundas, o peixe-lua tem um visual retrô jurássico e pode medir até 4m. Ele possui corpo achatado, boca desproporcionalmente pequena e uma barbatana caudal (ou simplesmente rabo) recortada. Trata-se de um dos maiores peixes ósseos do mundo, da espécie Mola Mola, que vive também no litoral brasileiro.

Monstro marinho da vida real

Esta intrigante enguia-lobo parece uma criatura marinha mitológica, mas é real. Um pescador do Alasca fez um registro bem pertinho deste comprido peixe com mandíbulas grandes e dentes afiados. Estudos indicam que a mordida do animal é tão poderosa que nem mesmo as conchas sobrevivem a ela. Essa espécie não possui escamas, apenas uma pele de couro macio.


Fica, vai ter bônus!

Separamos mais duas matérias inusitadas. Um registro de uma lula gigante e uma coletânea de espécies que são bem diferentes quando bebês.

A lula gigante

A lula é um animal que conhecemos bem – ainda que alguns só a conheçam nos pratos de frutos do mar. Agora, uma lula gigante que pode chegar a 14 metros de comprimento é algo inimaginável. Esse molusco tem olhos que podem medir 30cm de diâmetro, mas ele está listado aqui não por sua estranheza, mas por sua magnitude.

O Architeuthis Dux é a maior espécie de invertebrado conhecida. Especula-se que seja ele o responsável pela criação da lenda do “Kraken”, um ser mitológico que seria capaz de arrastar marinheiros e afundar navios inteiros com seus braços.

Os bebês diferentões

O Monterey Bay Aquarium Research Institute, na Califórnia, nos Estados Unidos, publicou um vídeo surpreendente e assustador. As imagens mostram filhotes que são bem diferentes de suas versões adultas. Segundo o Instituto, essas características estranhas são algumas das maneiras adotadas pelas espécies para garantir a sobrevivência dos bebês.

A maioria dos animais não tem uma aparência agradável e muito menos simpática. Ou seja, não parecem nada com aqueles filhotes que amamos ver na internet.

Qual dessas criaturas marinhas mais estranhas foi sua favorita?

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!