A startup de bebidas Kin Euphorics, que se descreve como a criadora das “bebidas eufóricas”, está colocando no mercado o Lightwave, uma mistura de lavanda, baunilha, uma planta exótica chamada bétula e sais marinhos defumados. A promessa da empresa é que a Lightwave seja mais eficiente que as bebidas alcoólicas para ajudar pessoas tímidas a socializarem melhor em eventos públicos, como festas.

Uma das desculpas que as pessoas que gostam de beber dão para tomar uma cerveja, por exemplo, é socializar com os amigos e jogar conversa fora. Porém, sempre existem os efeitos negativos, como exagerar na dose e acabar ficando mais inconveniente do que sociável ou o dia seguinte, que pode trazer consigo a falta de memória e a ressaca.

publicidade

Leia mais:

O que diz quem tomou as bebidas eufóricas?

De acordo com a Kin Euphorics, o Lightware traz o “lado bom” do álcool, deixando as pessoas mais desinibidas e com uma capacidade maior para socializar, mas sem os efeitos negativos. A fabricante define seus produtos como “bebidas eufóricas”, entre os ingredientes ativos do produto também estão: cogumelo reishi, açafrão, L-teanina, L-serina, L-triptofano e passiflora.

De acordo com o portal Futurism, pessoas que já experimentaram as bebidas eufóricas a descreveram como saborosa, entre os efeitos experimentados estão: sensação de calma, pensamento mais claro e maior facilidade para criar e manter conexões sociais efêmeras. Isso acontece graças a três diferentes tipos de princípios ativos adaptógenos e nootrópicos de alguns dos ingredientes.

Adaptógenos e nootrópicos

Lata do Lightwave, da Kin Euphorics
O Kin Lightwave possui princípios ativos adaptógenos e nootrópicos em alguns dos ingredientes. Crédito: Kin Euphorics/Divulgação

O cogumelo reishi e a passiflora possuem capacidades adaptógenas, ou seja, impulsionam as glândulas adrenais do sistema endócrino. Essas glândulas são responsáveis por sintetizar hormônios como o cortisol e a androstenediona, a dar ao corpo respostas mais equilibradas e saudáveis ao estresse que a interação social pode provocar em algumas pessoas.

Alguns outros ingredientes, como a  L-teanina, L-serina, L-triptofano e o glicinato de magnésio possuem efeitos nootrópicos. Isso quer dizer que as bebidas eufóricas, em tese, podem dar ao cérebro uma sensação de calma e relaxamento para calcular melhor as interações sociais e não parecer tão inconveniente.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!