Pistas encontradas em um antigo lago na China levaram pesquisadores a concluir que erupções vulcânicas criaram o clima propício para a ascensão dos dinossauros. De acordo com os cientistas, os vulcões criaram um oásis úmido bem no meio do quente e seco período Triássico.

Segundo os pesquisadores, esse período de bonança para os gigantes terrestres foi bastante curto do ponto de vista geológico, e durou apenas 2 milhões de anos. Chamado de Episódio Pluvial de Carnian, esse momento geológico permitiu que os dinossauros evoluíssem para criaturas pesadas e diversas.

publicidade

Soma de fatores

Rochas coletadas em lago na China
Rochas encontradas em lago na China. Crédito: Jing Lu/Birmingham University

Pesquisas anteriores já apontavam que uma soma de aumento da temperatura global, umidade e da quantidade de chuvas durante este período, fizeram com que tanto a vida terrestre quanto a vida marinha mudassem bastante. Porém, as razões dessas mudanças ainda eram desconhecidas.

Segundo o paleobotânico da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, Jason Jilton, quantidades elevadas de mercúrio, que foram encontradas em um lago com várias centenas de metros de comprimento na Bacia de Jiyuan, podem ser a resposta para essas perguntas.

O mercúrio pode ser um subproduto de erupções vulcânicas, segundo Hilton. “Mercúrio entrou no lago de uma mistura de poluição atmosférica, cinzas vulcânicas e também sendo arrastado de terras vizinhas que tinham níveis elevados de mercúrio de vulcanismo”, diz o pesquisador.

Papel do Mercúrio

Outra evidência que liga a atividade dos vulcões à ascensão dos dinossauros vem de camadas que correspondem ao núcleo dos sedimentos do lago. Esses núcleos mostram pelo menos quatro liberações massivas de dióxido de carbono na atmosfera.

Ao reconstruir a história por meio de simulações, os pesquisadores concluíram que a atividade de vulcões injetou grandes quantidades de CO2 na atmosfera. Isso permitiu uma mudança no regime de chuvas, o que fez com que mais água escoasse para os lagos.

Leia mais:

Ao mesmo tempo, plantas terrestres também começaram a evoluir, o que fez com que uma flora que não teve e umidade se tornasse predominante. Com alimento em abundância, grande animais herbívoros, como é o caso de alguns dos dinossauros mais massivos que já existiram.

Via: Science News

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!