O diretor-assistente Dave Halls foi identificado pela polícia como o profissional que entregou ao ator Alec Baldwin a arma que matou, na última quinta-feira (21), Halyna Hutchins, diretora de fotografia do filme ‘Rust’. Essa não foi a primeira vez em que ele esteve envolvido em um acidente com arma em um set de gravação. No ano de 2019, o diretor-assistente foi demitido de outro filme por um incidente que deixou uma pessoa da equipe ferida.

Dave Halls é alvo de queixas que incluem desrespeito aos protocolos de segurança para o uso de armas e pirotecnia, vias e saídas de incêndio bloqueadas, declararam dois profissionais da indústria cinematográfica ao canal de televisão norte-americano CNN. Além disso, o diretor-assistente é acusado de comportamento sexual impróprio no local de trabalho.

publicidade

Leia mais:

Uma fabricante de armas cenográficas e licenciada em pirotécnia pela Aliança Internacional de Teatro e Funcionários de Palco (IATSE), Maggie Goll, revelou que Dave Halls negligenciou a realização de reuniões de segurança quando trabalharam juntos de fevereiro a maio de 2019 na série ‘Into the Dark’, da plataforma de streaming Hulu. Ela ainda o acusou de sempre falhar ao anunciar à equipe a presença de armas de fogo no set, conforme protocolo.

“A única razão pela qual a equipe foi informada da presença de uma arma foi porque o mestre de adereços assistente exigia que Dave reconhecesse e anunciasse a situação todos os dias”, disse Goll, em comunicado. No caso recente, no dia da morte de Halyna Hutchins, Dave Halls havia dito que a arma estava fria, expressão do cinema para dizer que estava sem balas.

alec baldwin
Alec Baldwin matou acidentalmente a cinegrafista Halyna Hutchins, também diretora de fotografia, com disparo de arma cenográfica. Imagem: Instagram/Reprodução

Goll contou ainda que o profissional responsável pelos itens cenográficos sempre informava de que tipo era a arma usada em frente às câmeras. Fossem répicas, de borracha ou plástico, ou uma opção sem disparo, até mesmo armas funcionais, mas frias. Esse integrante da equipe sempre advertia Dave Halls sobre a devolução dos acessórios com os anúncios de segurança.

O comunicado da fabricante revelou também um acidente envolvendo um pirotécnico licenciado em um set, no qual o diretor-assistente exigiu a continuação das filmagens. “Eu disse a ele que eles eram livres para filmar o que quisessem, mas que não haveria fogo ou faíscas, até que o médico, o oficial de segurança contra incêndios e todos os meus companheiros estivessem em segurança de volta ao set”, detalhou Maggie Goll.

A outra pessoa que comentou sobre a conduta inadequada de Dave Halls pediu anonimato, por medo de retaliação. Esse profissional confirmou o comunicado de Maggie Goll. Ele ainda reclamou do caso em que o diretor reclamou da liberação de uma arma, inspecionada por um armeiro licenciado, para uma cena em que uma atriz apontava a arma para a própria cabeça e puxava o gatilho.

Halyna Hutchins foi atingida no peito após tiro disparado por Alec Baldwin com arma que deveria estar sem balas. Imagem: Instagram/Reprodução

Outra negligência de segurança do diretor-assistente de ‘Rust’ revelada pelos dois profissionais foi a sequência de uma gravação durante uma tempestade, com luzes elétricas tocando a lama e fios expostos à chuva. Quanto à alegação de má conduta sexual, Goll contou apenas que uma pessoa da equipe a alertou para ter cuidado com ele, por toques indesejados e desnecessários.

Durante o acidente na última semana, Alec Baldwin praticava tirar um revólver do coldre e mirar na câmera. Quando a pistola que o ator achava ser cenográfica disparou, atingiu a diretora de fotografia Halyna Hutchins no peito e a matou. O diretor Joel Souza estava atrás dela e foi atingido no ombro. Ambos foram socorridos, mas a diretora de fotografia não resistiu.

Dave Halls, diretor-assistente, de ‘Rust’, não respondeu às acusações. As gravações do filme aconteciam no Rancho Bonanza Creek, em Santa Fé, no estado do Novo México. Diversas outras reclamações por parte das equipes envolvidas no longa já vieram à tona após a morte de Hutchins.

Via: CNN

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!